top of page

Pílula Mirabolante #8 + Desafio #3: efeito xibom bombom

Olá, queridas e queridos benfeitores! Como estão?

Voltei das férias a todo vapor e mega empolgada pelo que nos espera pela frente! Depois do carnaval, entraremos em uma nova fase da Liga, com novidades que nasceram das nossas trocas -  e novos parceiros na rede.  

E é neste clima de pré carnaval, que a pílula de hoje é acompanhada de trilha sonora: a música Xibom bombom

O tom é de brincadeira, mas o assunto é sério. Recentemente, a OXFAM divulgou seu novo estudo Desigualdade S.A, lançado durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos. 

Todo ano, o relatório traz dados impressionantes, mas com a mesma mensagem da música: “o rico cada vez fica mais rico; e o pobre cada vez fica mais pobre”. Segundo o relatório deste ano, os bilionários estão US$ 3,3 trilhões mais ricos do que em 2020, enquanto a pobreza global permanece em níveis pré-pandêmicos.

Alguns destaques: 

  • A pessoa mais rica do Brasil possui uma fortuna equivalente à metade mais pobre do país (107 milhões de pessoas).

  • O rendimento das pessoas brancas do país é mais de 70% superior à renda de pessoas negras.

  • A riqueza dos cinco homens mais ricos do mundo aumentou 114% desde 2020.

  • Neste ritmo, o mundo teria seu primeiro trilionário nos próximos 10 anos - e o fim da pobreza levaria mais de dois séculos.

Reparem: usei "teria" e "levaria" porque ainda acredito muito em uma virada (várias, na verdade). Essas viradas não são nada óbvias e não é todo dia que sinto assim, confesso. Mas acreditar nelas é o que me dá energia para seguir. Como é para vcs?

Como esperançar em um mundo tão maluco? Esse será o tema do nosso terceiro desafio...

DESAFIO #3,

inspirado em das tarefas de um livro que adoro (333 páginas para tirar seu projeto do papel - página 6):  Pegue uma máquina do tempo. Dê umas voltas, retorne ao presente e responda:

O que você faria hoje que te deixaria, quando criança, muito feliz? O que você faria nos próximos 12 meses, se soubesse que morreria daqui a um ano? Alguma música já te energizou instantaneamente em um momento triste? O que mais te gerou orgulho, no seu trabalho? As respostas acima te ajudam a conectar com o que mais te energiza? Volte nisso sempre que se sentir sem esperança 

Sem autocuidado, não podemos cuidar dos outros e do todo. Que em 2024, saibamos cuidar da nossas energias para podermos direcioná-las às mudanças que tanto sonhamos!! 

Bjs carinhosos e feliz ano novo (janeiro ainda pode, né, rs)! 

Tati

16 visualizações

Comments


bottom of page